Últimas Notícias
Home / Gospel / 24 mil civis foram mortos ou feridos pelo Estado Islâmico
24 mil civis foram mortos ou feridos pelo Estado Islâmico

24 mil civis foram mortos ou feridos pelo Estado Islâmico

De acordo com um relatório das Nações Unidas (ONU) sobre as violações dos direitos humanos do grupo extremista islâmico ISIS (Estado Islâmico), mais de 24 mil civis iraquianos foram feridos ou mortos, até agora, este ano pelas ações realizadas pelos militantes do grupo islâmico.

O relatório, pelo Escritório do Alto Comissariado para os Direitos Humanos e pela Missão de Assistência da ONU no Iraque, foi publicado este mês. O relatório foi compilado a partir de entrevistas realizadas com mais de 500 testemunhas no país.

Outras violações que foram discutidas no relatório incluem sequestro e perseguição.
O relatório mostra que os militantes do Estado Islâmico mataram, até o momento, 8.493 civis iraquianos, e que outros 15.782 foram feridos pelo grupo.

 

Segundo o relatório, os números reais de vítimas do grupo extremistas podem ser ainda mais elevados. Além disso, o número de civis que morreram em decorrência de efeitos secundários da violência, como a falta de acesso a alimentos básicos, água ou remédios, depois de fugir de suas casas ou que ficaram presos em áreas sob controle do grupo ou em áreas de conflito são desconhecidos.

De acordo com o Christian Headlines, além dos números alarmantes de mortos e feridos, o relatório afirma que mais de 1,8 milhões de cidadãos iraquianos tiveram que deixar suas casas por causa da violência.

De acordo com um relatório das Nações Unidas (ONU) sobre as violações dos direitos humanos do grupo extremista islâmico ISIS (Estado Islâmico), mais de 24 mil civis iraquianos foram feridos ou mortos, até agora, este ano pelas ações realizadas pelos militantes do grupo islâmico. O relatório, pelo Escritório do Alto Comissariado para os Direitos Humanos e pela Missão de Assistência da ONU no Iraque, foi publicado este mês. O relatório foi compilado a partir de entrevistas realizadas com mais de 500 testemunhas no país. Outras violações que foram discutidas no relatório incluem sequestro e perseguição. O relatório mostra que os…

Avaliações

Avaliação do Usuário: Nenhuma avaliação ainda!
0

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.Campos obrigatórios são marcados *

*